Webinar de aprendizagem entre pares sobre o compliance com parceiros comerciais e gestão de terceiros

21.04.2020

Alemanha, Online

Peer-Learning-Webinar

Como parte do webinar sobre compliance de parceiros comerciais e gestão de terceiros, Michael Volz, Chefe de Operações de Compliance da Bilfinger SE, apresentou o tema utilizando o exemplo prático da Bilfinger.

Em linha com a abordagem em três etapas da rede do Pacto Global da ONU, as medidas externas de compliance seguem as medidas internas tomadas pela empresa. Estas são essenciais para criar um ambiente de negócios com um risco mínimo de corrupção. O objetivo da gestão de terceiros é, portanto, estabelecer um sistema adequado de gestão de risco para o engajamento de terceiros na empresa.

Declarações de fornecedores como ferramenta de compliance

A Bilfinger SE é membro da rede do Pacto Global da ONU e também implementa seus princípios na gestão de fornecedores. Como parte disso, os parceiros de negócios são obrigados a apresentar declarações de fornecedores contendo informações sobre questões de compliance, como anticorrupção e conflitos de interesse, mas também sobre sustentabilidade, por exemplo, padrões sociais. Além disso, dependendo do risco, também são estabelecidas cláusulas contratuais que contenham direitos especiais de auditoria e cancelamento.

Volz enfatizou a grande importância da gestão de terceiros: pesquisas mostram que muitas violações de compliance não ocorrem dentro das empresas, mas sim entre parceiros de empresas conjuntas, agentes e prestadores de serviços. 

Assim, terceiros podem causar grandes prejuízos econômicos para a empresa e problemas de reputação duradouros. No entanto, como os terceiros são frequentemente parte integrante do processo de negócios, a empresa é responsável por reduzir potenciais fatores de risco. Uma abordagem de seleção e monitoramento orientada ao risco em relação aos parceiros de negócios é, portanto, crucial. 

Processos claros criam confiança

Terceiros particularmente proeminentes, como parceiros de cooperação, agentes de vendas e intermediários oficiais, estão sujeitos a processos de maior ou menor rigor, dependendo da avaliação do risco. Esses processos incluem verificações de diligência de diferentes graus, o envolvimento da alta administração, o uso de cláusulas de compliance estendidas e o monitoramento contínuo. Durante o webinar, Volz compartilhou detalhes da ferramenta de compliance digital utilizada pela Bilfinger SE e respondeu perguntas da audiência.

O webinar foi organizado pela rede alemã do Pacto Global da ONU em conjunto com o German Institute for Compliance e.V. (DICO e.V.) e a Alliance for Integrity.

Autor: Niklas von Hörsten

 
Este site utiliza cookies. Você pode saber mais sobre seus direitos e como evitar cookies em nossa política de proteção de dados.Schließen