Integridade em tempos de crise

"Estamos convencidos de que a ação coletiva é particularmente adequada para se superar as consequências da pandemia."
- Susanne Friedrich, Diretora da Alliance for Integrity.

Nesta página, fornecemos informações, atividades, exemplos de melhores práticas e declarações de nossos parceiros e apoiadores sobre a pandemia de Covid-19 em andamento e seu impacto na integridade dos negócios.

A página será constantemente atualizada com novo conteúdo e material. Convidamos você a se juntar a nós para superar essa crise e espalhar a importante mensagem de que o compliance e a integridade são agora mais importantes do que nunca.

Nossa declaração
Declarações dos nossos Parceiros & Apoiadores
Melhores Práticas
Artigos & Publicações 

Estamos em uma crise global que está abalando os próprios fundamentos de nossa sociedade. Além dos sistemas de saúde, política e cultura, a economia é particularmente afetada. A fragilidade das cadeias de suprimento globais é evidente. Pequenas e médias empresas são ameaçadas em sua existência se suprimentos e pedidos não forem recebidos.

Existem agora diversos desafios a serem superados: no curto prazo, as empresas devem garantir a saúde e a segurança de seus funcionários para trabalhar e cumprir as metas estabelecidas. A automação das operações atualmente é uma realidade para as organizações. Ao mesmo tempo, é necessário criar transparência dentro da cadeia de suprimento para que se tenha uma visão geral de onde os materiais podem ser produzidos e adquiridos. À médio e longo prazo, o objetivo será compensar as perdas sofridas e também fortalecer a economia com a ajuda de programas governamentais, assim transformando-a mais bem preparada para futuras crises.

Princípios éticos e a integridade devem ser nosso código de referência, à medida que traçamos o caminho para a sociedade do futuro sob grande pressão. Os princípios que nos orientadores da igualdade de oportunidades e participação são mais importantes do que nunca, se não quisermos abrir caminho para novas crises possivelmente ainda mais abrangentes e impactantes.

Na Alliance for Integrity, a disponibilização de formatos que apoiam a troca de experiências e o aprendizado conjunto para lidar com a crise está no centro de nossa contribuição nesses tempos difíceis, especialmente para indivíduos envolvidos em compliance e integridade empresarial. Estamos convencidos de que a ação coletiva é particularmente adequada para se superar as consequências da pandemia. Ao compartilhar conhecimentos e experiências, estamos prontos para tomar melhores decisões mais rapidamente. A ação coletiva também ajuda a garantir que as ações dos governos, empresas e sociedade civil sejam transparentes e possam se complementar de maneira significativa para o benefício de todos.

Portanto, convidamos você a promover essa abordagem e a participar ativamente de nossas atividades virtuais que você pode encontrar em nosso site redes sociais.

África
América Latina
Ásia
Europa
Global

Osman Abudulai - GCB

Diretor Chefe de Compliance, GCB

Osman Abudulai



“O Covid-19 aumentou os riscos de compliance e desgastou os recursos de negócios; é nesses tempos que os funcionários e especialistas em compliance devem adotar práticas de due diligence que ajudarão as organizações a se recuperarem.”


 

Abraham Agbozo - Newmont

Conselho de Compliance, Newmont

Patrick Kwadzie


"Forjar consenso e ação coletiva é necessário mais do que nunca nesses tempos para garantir que todos as partes estejam envolvidas para promover a integridade e o compliance no ecossistema de negócios."


 

Frank Abdulai Iddrisu - Fidelity Bank

Investigador de crimes financeiros, Fidelity Bank

Frank Abdulai Iddrisu


"As empresas devem adotar medidas proativas de gerenciamento de riscos para as bandeiras vermelhas em suas cadeias de suprimentos nesses tempos, especialmente no que diz respeito aos riscos de terceiros, para permanecer em conformidade."

 

Patrick Kwadzie - Kenycorb Ltd. Ghana

Sócio Gerente, Kenycorb Limited e Membro do Grupo de Trabalho de Contrução de Capacidades da Alliance for Integrity em Gana

Patrick Kwadzie


“Durante esta era de atividades econômicas mais lentas em todo o mundo, as PMEs precisam cumprir as diretrizes globais e nacionais de integridade e medidas de ação coletiva que promovam um ambiente de negócios responsável.”

 

Helen Amerley Opoku-Agyemang - Guinness Ghana Ltd.

Diretora de Controle, Compliance e Ética da Guinness Ghana Ltd. e Membro do Conselho Consultivo Gana

Helen Amerley Opoku Agyemang



"Nestes tempos de ruptura, somos incentivados a fazer um balanço dos processos de negócios com nossos funcionários e nossas cadeias de suprimentos para evitar a tentação da corrupção."

 

Frank Owusu-Ansah - Maersk

Gerente de HSSE e Continuidade de Negócios da Área Centro-Oeste da África, Maersk

Helen Amerley Opoku Agyemang




"Todas as empresas e seres humanos estão em risco durante a pandemia do Covid-19, mas as ameaças do Coronavirus expuseram severamente líderes e organizações que carecem de integridade."

 

Carlos Francisco Martin Ávalos - AXA México

Diretor de Compliance e Anticorrupção na AXA México

Carlos Francisco Martin Ávalos



“Acredito que hoje, mais do que nunca, na era digital em que vivemos e enfrentamos uma crise que afeta a todos nós, temos a oportunidade de agregar nossos valores de solidariedade e integridade à maneira como fazemos negócios.”

 

Eugenio Belinchón Gueto - Enel, Chile

GERENTE DE AUDITORIA INTERNA E COMPLIANCE, ENEL CHILE

Eugenio Belinchón Gueto


"Em momentos incertos como os atuais, a cultura e a sustentabilidade das organizações são realmente colocadas à prova. As empresas que não forem tentadas a enfraquecer seus programas de compliance em favor da continuidade serão recompensadas por fortalecer sua reputação e modelos de negócios baseados em integridade."

 

Lorenzo Berho - Vesta, México

Presidente Executivo da VESTA e vice-presidente do Conselho Consultivo México

Lorenzo Berho


"É em condições extremas de crise sem precedentes que a ética e a integridade assumem sua maior relevância."


 

André Bugarim - Parsec Engenharia, Brasil

Diretor Executivo na Parsec Engenharia, Brasil

André Bugarim

“Nossa política de Integridade empresarial nos contribuiu para as medidas de enfrentamento durante o período de Pandemia.

Já no processo de suspensão das atividades, preservamos a saúde dos colaboradores e confirmamos nosso compromisso social aderindo ao movimento Não Demita.

Internamente, isso nos ajudou a sensibilizar funcionários para a responsabilidade no trabalho em home office e, principalmente, na postura consultiva oferecendo informações e esclarecendo dúvidas sem vincular isso à fechamento de contratos ou serviços adicionais, demonstrando genuíno interesse em encontrar junto ao cliente, de forma transparente, os melhores caminhos.

Sabemos que o padrão de negociações poderá ser influenciado, no futuro próximo, pela grande preocupação das companhias quanto à sobrevivência dos negócios. Manteremos nossa postura e todas as premissas de idoneidade para o período de retomada.”

 

Mariam Asunción Estigarribia Fernández - Central S.A. e Estifer S.A., Paraguay

Diretora de Compliance, Chefe de Qualidade e Consultora Jurídica Interna da Central S.A. De Seguros, Proprietária e Diretora da Estifer S.A. Paraguay

Mariam Asunción Estigarribia Fernández


“São nestes tempos difíceis que a integridade das organizações é mais testada. Como as empresas agem hoje é como serão lembradas por seus membros e pela sociedade pelo resto de sua existência.”

 

Asela Fuentes - Allianz México

Controle Interno e Compliance na Allianz México

Asela Fuentes




"Que a crise não coloque em risque seus valores e que a integridade sempre prevaleça."

 

Flavio Fuertes - Pacto Global Argentina

Coordenador executivo do pacto global argentina

Flavio Fuertes

“A integridade será essencial durante e após o período de pandemia pelo COVID-19. Os grupos de interesse recompensarão as organizações que agirem durante a pandemia de maneira abrangente, sem tirar proveito das brechas ou das lacunas deixadas pela legislação para realizar negócios espúrios. Mas também, uma vez que a sociedade recupere o ritmo “normal” da vida, as organizações mais integras, ou seja, aquelas que se comportaram a altura das circunstâncias, serão recompensadas pelos grupos de interesse. Eles vão recuperar a credibilidade, acessar o crédito, seus funcionários serão mais motivados. A integridade, então, é como uma bússola, que permitirá que as empresas superem essas dificuldades quando as condições voltarem ao normal.”

 

Mariano Gojman - Siemens S.A. Chile

Compliance Officer na Siemens S.A. Chile

Mariano Gojman




“Quando medidas extraordinárias são tomadas em emergências, o papel da Conformidade na supervisão da conformidade com as leis locais e os regulamentos internos da empresa é ainda mais relevante. O principal que devemos monitorar hoje é o manuseio correto dos dados de saúde pessoal dos colaboradores.”

 

Jenny Marcela Hernández - Telefónica Movistar, Colombia

Gerente de Compliance na Telefónica Movistar, Colombia

Jenny Marcela Hernández



“A crise nos muda e nos ajuda a evoluir. A transformação digital é necessária para manter o compliance. Estamos diante de uma mudança cultural que nos desafia a ser ativos.”

 

Franca Honty - AHK Uruguai

Responsável por Comércio Exterior e Sustentabilidade na AHK Uruguai

Franca Honty


“Integridade, ética e transparência não são questões que entraram em segundo plano, muito pelo contrário: elas estão mais presentes do que nunca. Nesse sentido, a responsabilidade e a ética, seja em termos sociais com relação ao perigo de contágio, seja em cuidar dos outros, tanto na ética de trabalhar de casa quanto de mudar da noite para o dia as formas de trabalho. É uma oportunidade para aprender e desenvolver outras possibilidades, e demonstrar que a integridade é relevante e aplicável a todas as circunstâncias em que nos encontramos.”

 

Denise Iwakura - SAP Brasil Ltd.

Compliance officer na SAP Brasil Ltd.

Denise Iwakura



“Os profissionais de compliance devem ter um forte senso de empatia durante esse período de crise, bem como na reconstrução das atividades econômicas. O equilíbrio entre uma postura firme e a sensibilidade será fundamental para conduzir os negócios de maneira ética, integral e construtiva.”

 

Jorge García Maciel - AHK Paraguai

Gestão de Parceiros e Relações Públicas em AHK Paraguai

Jorge García Maciel


"Em tempos de crise em que a atividade das empresas diminui significativamente, a partir da AHK Paraguai, buscamos melhorar a integridade dos negócios como uma ferramenta de prevenção que permitirá que empresas e organizações concebam uma boa gestão de leis, contratos e normas.”

 

Mariana Regueira - AHK Argentina

Supervisora de Ética e Compliance na AHK Argentina

Mariana Regueira




“A crise global mostrou que os riscos de corrupção podem aumentar. Portanto, é importante fortalecer as medidas de compliance nas empresas, criar uma cultura de integridade para mitigar riscos e aumentar a conscientização sobre a importância do cumprimento de processos transparentes. Um negócio sustentável implica alinhar o objetivo do negócio com valores de integridade sustentável.”

 

Marcela Rodríguez - Fundo ZFB, Colombia

Diretora do Fundo ZFB, Colombia

Marcela Rodríguez



“O uso de tecnologia e inovações digitais nos permite fazer revisões e inspeções de operações remotamente, o que acho importante avaliar não no futuro, mas implementá-las em nossos processos hoje. A tecnologia será de grande importância para garantir que os controles de transparência continuem sendo realizados.”

 

Dra. Yolanda Angelina Altamirano Sánchez - Lösung Chokmah, México

CEO da Lösung Chokmah

Dra. Yolanda Angelina Altamirano Sánchez


"A adoção de uma cultura de integridade nos negócios fortalece as linhas de defesa em tempos de crise e criará as bases para um futuro bem-estar compartilhado.”

 

Cornelia Sonnenberg - CAMCHAL, Chile

DDiretora geral na CAMCHAL, Chile

Cornelia Sonnenberg

"As contingências excepcionais que atualmente estão causando a decorrência da crise de Covid-19 levantam o desafio de manter a integridade no trabalho de organizações e empresas. Manter processos transparentes e tomar decisões consistentes com os valores da organização ainda é pelo menos tão relevante quanto em tempos normais. Isso aumenta ainda mais a responsabilidade da alta direção com colaboradores, clientes e fornecedores."

 

Ana Karen Tirado - Persé, México

Coordenador da Persé, México.

Ana Karen Tirado




"Essa pandemia é uma oportunidade para sermos melhores líderes e empreendedores, mas, acima de tudo, melhores seres humanos.”

 

Miranda Andamsari - Merck Indonésia

Compliance Officer Indonesia e Malásia na Merck e membro do Conselho Consultivo Indonésia

Miranda Andamsari


"Durante uma pandemia, é importante fornecer as informações corretas e transparentes, bem como a educação que incentive a todas as partes, incluindo as empresas, a estarem cientes e cumprirem as orientações e protocolos de saúde emitidos pelas autoridades competentes, a fim de prevenir e/ou diminuir a propagação do vírus.”

 

Dr. Rajesh Chitre - Merck India

Diretor de Compliance na Merck Índia

Dr. Rajesh Chitre


“Em uma situação tão turbulenta, espera-se que cada um de nós cumpra as diretrizes emitidas pelas autoridades. As empresas terão que garantir que todas as normas prescritas sejam rigorosamente cumpridas. Isso será uma grande contribuição para a sociedade em que vivemos.”

 

Gunawan - Siemens Indonésia

Chefe de Compliance na Siemens Indonésia

Gunawan


"Do ponto de vista do compliance, em qualquer situação, a integridade e os negócios transparentes devem ser nossa principal prioridade, pois são a base para negócios sustentáveis.”

 
Chrysanti Hasibuan-Sedyono


"Acreditamos que um compromisso contínuo com a integridade em todas as situações, incluindo o surto contínuo de Covid-19, é da maior importância."

 

Danang Widoyoko - Transparéncia Internacional Indonésia

Secretário Geral da Transparência Internacional Indonésia

Dangang Widoyoko



“A transparência desempenha um papel importante na mitigação do impacto da pandemia de Covid-19. Isso criará confiança pública, gerando assim participação pública e isso poderá evitar os piores efeitos da crise.”

 

Georg Gößwein - PLLOB Compliance GmbH

Advogado, árbitro independente, mediador e sócio-gerente da PLLOB Compliance GmbH

Georg Gößwein
“O Covid-19 oferece muitas perspectivas diferentes sobre compliance e integridade. A mudança do mero "compliance no papel" para o compliance e a integridade na prática está se tornando cada vez mais forte. No entanto, a situação especial está confrontando cada vez mais os funcionários com situações de dilema. É grande a tentação de fazer "compromissos" falsos. Portanto, é essencial, especialmente neste momento, que a alta gerência e os executivos comuniquem mensagens claras para um bom compliance e integridade e que eles mesmos ajam de maneira exemplar. Agora, os funcionários precisam de ferramentas simples, como fórmulas para garantir bons controles. Eles servem como uma bússola para agir com integridade em um ambiente regulatório muitas vezes complicado."
 

Dr. Philip Matthey - Traton SE, Alemanha

Chefe de Governança, Risco e Compliance e Diretor de Compliance, Traton SE, AlemanHa

Philip Matthey


“O Covid-19 é um desafio para todos em nossa empresa. Os colegas Home office, alguns deles trabalhando em regime de meio período com recursos limitados e aumentando a pressão para permanecer lucrativos, não facilitam a vida. O mais importante é que nós, como equipe de Compliance, mantenhamos contato próximo com nossos colegas para apoiar todos os assuntos relacionados à integridade."

 

Andreas Melon - METRO AG, Alemanha

Compliance officer, METRO AG, Alemanha

Andreas Melon


“O Covid-19 nos faz, como empresa, repensar a maneira como trabalhamos. Os obstáculos administrativos são reduzidos, se necessário, algumas decisões precisam ser tomadas mais rapidamente e mais funcionários estão trabalhando remotamente. O compliance precisa se adaptar a essa nova realidade do trabalho sem ficar aquém dos seus padrões. Em épocas como essa, é assim que podemos garantir a integridade e a qualidade – frente aos nossos clientes, funcionários e empresa."

 

Meinhard Remberg - SMS GmbH, Alemanha

Representante geral da sms gmbh e porta-voz do DICO e.V., Alemanha

Meinhard Remberg

"O trabalho eficaz do compliance também prospera com a comunicação pessoal intensiva. Em tempos de distanciamento e home office, isso ocorre apenas em uma extensão muito limitada. Os funcionários de compliance devem tomar cuidado, especialmente agora para não perder o contato com os funcionários e, portanto, com os negócios e riscos relacionados."

 

Yorck Sievers - Rede AHK, Alemanha

Diretor de Parcerias Globais, Rede AHK, Alemanha

Yorck Sievers



“A coisa certa para o Compliance em tempos normais não é menos certa em tempos de crise. Caso contrário, teríamos dificuldade em voltar para onde estamos.”

 

Pedro G. Gómez Pensado - Fórum Econômico Mundial

Chefe da Iniciativa de Parceria contra a Corrupção (PACI), Fórum Econômico Mundial

Pedro G. Gómez Pensado


“A agilidade em resposta à emergência de saúde não precisa estar em conflito com os princípios fundamentais de transparência e boa governança.”

 

Julia Pilgrim - Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime

Oficial de Prevenção ao Crime e Justiça Penal, Setor de Corrupção e Delitos Econômico no UNODC

Julia Pilgrim

"A atual paralisação global demonstrou que uma liderança forte e empática, a transparência e a comunicação aberta e honesta podem e efetivamente incentivam o compliance com um mínimo de aplicação. Essa abordagem gera uma consciência coletiva da necessidade de agir de uma maneira que seja boa para todos e não para o indivíduo. Após a pandemia, governos e empresas devem reconhecer a necessidade de reformular e reorientar suas abordagens de ética, compliance e integridade e aproveitar as oportunidades para criar um clima que possa fortalecer a confiança, os relacionamentos e as reputações. ''

 

Barbara Schreiner - Water Integrity Network

Diretora Executiva, Water Integrity Network

Julia Pilgrim

“A integridade é importante, especialmente em tempos de crise, especialmente no setor de água. A prestação de serviços em condições de emergência pode, involuntariamente ou deliberadamente, abrir as portas para a corrupção e reduções nas práticas de responsabilidade e transparência que podem ter sido criadas ao longo dos anos. Apelamos aos governos em todo o mundo para garantir que o setor de água se torne um polo de integridade, durante e após essa crise, a partir de hoje.”

 

Guia para empresas “Enfrentando a pandemia com responsabilidade social”

O Guia de Recomendações para empresas ‘Enfrentando a Pandemia com Responsabilidade Social’ aborda como responder aos desafios do contexto atual, superá-lo e pensar no processo de retomada responsável, sustentável e íntegra. O Guia foi elaborado em conjunto por Instituto Ethos, Rede Brasil do Pacto Global da ONU, Alliance for Integrity, Transparência Internacional Brasil, IBGE e está disponível na plataforma Covid Radar. Encontre a plataforma aqui!

Boas Práticas de Integridade nas Relações Público-Privadas em Tempos de Pandemia

Guia da Controladoria - Geral da União do Brasil para empresas sobre o relacionamento com a setor público em tempos de pandemia. Leia mais aqui!

Recomendações para Transparência de Contratações Emergenciais em Resposta à Covid-19

Promovendo Transparência nas Contratações Emergenciais: Recomendações e Boas Práticas fornecidas pela Transparência Internacional Brasil. Leia mais aqui!

Plataforma de matchmaking digital leverist.de

A plataforma de matchmaking digital leverist.de conecta empresas com oportunidades de negócios na cooperação para o desenvolvimento. Em resposta ao surto decorrente de Covid-19, a plataforma agora está ampliada e inclui solicitações e ofertas de empresas - na medida em que sejam relevantes para a crise e o desenvolvimento. Para mais informações, por favor clique aqui.

Plataforma virtual do Governo Mexicano #DenunciaCorrupcionCoronavirus

A corrupção desvia fundos destinados a combater a pandemia do Covid-19. Por esse motivo, o governo mexicano criou uma plataforma especial para denúncias relacionadas à corrupção causadas pelo Covid-19. Encontre a plataforma (em espanhol) aqui!

Recomendações para Compliance Officers (AMPEC)

Nosso parceiro AMPEC desenvolveu recomendações específicas para compliance officers nos tempos de Covid-19. Juntos, os especialistas em compliance podem se tornar defensores da integridade. Leia mais (em espanhol) aqui!

Participe e compartilhe sua contribuição conosco!

Descubra publicações de nossos parceiros sobre a crise atual e crises passadas.


The Compliance & Ethics Blog

To Maintain a culture of compliance in a Crisis environment, communicate

 
 
TO MAINTAIN A CULTURE OF COMPLIANCE IN A CRISIS ENVIRONMENT, COMMUNICATE

OECD

Policy measures to avoid corruption and bribery in the covid-19 response and recovery

 
 
POLICY MEASURES TO AVOID CORRUPTION AND BRIBERY IN THE COVID-19 RESPONSE AND RECOVERY

UNited nations global compact

Covid-19 impact briefs

 
 
COVID-19 IMPACT BRIEFS
 
 
 

 
 

U4 ANTI-CORRUPTION

Covid-19 and donor financing - Minimising corruption risks while Ensuring efficiency

 
 
CORRUPTION IN THE TIME OF COVID-19 : A DOUBLE-THREATH FOR LOW INCOME COUNTRIES

Water Integrity Network

putting integrity and accountability at the heart of government response to covid-19, especially in the water sector

 
 
PUTTING INTEGRITY AND ACCOUNTABILITY AT THE HEART OF GOVERNMENT RESPONSE TO COVID-19, ESPECIALLY IN THE WATER SECTOR

The FCPA Blog

now is the perfect time to expand the role of compliance officers

 
 
NOW IS THE PERFECT TIME TO EXPAND THE ROLE OF COMPLIANCE OFFICERS
 
 
 

 
 

The FCPA Blog

The oecd working group on bribery responds to covid-19 bribery risks

 
 
THE OECD WORKING GROUP ON BRIBERY RESPONDS TO COVID-19 BRIBERY RISKS

BASEL INSTITUTE ON GOVERNANCE

CORRUPTION IN NATURAL DISASTER SITUATIONS – CAN OUR EXPERIENCES HELP PREVENT CORRUPTION RELATED TO COVID-19?

OECD

Public Integrity for an Effective COVID - 19 Response and Recovery

 
 
PUBLIC INTEGRITY FOR AN EFFECTIVE COVID - 19  RESPONSE AND RECOVERY
 
 
 

 
 

BASEL INSTITUTE ON GOVERNANCE

Here today and gone tomorrow? Integrity and anti-corruption in the private sector post covid-19

 
 
 HERE TODAY AND GONE TOMORROW? INTEGRITY AND ANTI-CORRUPTION IN THE PRIVATE SECTOR POST COVID-19

BASEL INSTITUTE ON GOVERNANCE

Rethinking governance in the times of the COVID-19 pandemic

 
 
RETHINKING GOVERNANCE IN THE TIMES OF THE COVID-19 PANDEMIC

THE GLOBAL ANTICORRUPTION BLOG

Coronavirus and the Corruption Outbreak

 
 
CORONAVIRUS AND THE CORRUPTION OUTBREAK
 
 
 

 
 

Transparency International

Corruption could cost lives in Latin America’s response to the coronavirus

CORRUPTION COULD COST LIVES IN LATIN AMERICA’S RESPONSE TO THE CORONAVIRUS

TRANSPARENCY INTERNATIONAL

Corruption and the Coronavirus

 
 
CORRUPTION AND THE CORONAVIRUS

U4 ANTI-CORRUPTION

COrruption in the time of covid-19: a double-threath for low income countries

CORRUPTION IN THE TIME OF COVID-19 : A DOUBLE-THREATH FOR LOW INCOME COUNTRIES
 

U4 Anti-Corruption

Ebola and corruption: overcoming critical governance challenges in a crisis situation

EBOLA AND CORRUPTION: OVERCOMING CRITICAL GOVERNANCE CHALLENGES IN A CRISIS SITUATION

unodc

Accountability and the prevention of corruption

 
 
CORRUPTION AND THE CORONAVIRUS

U4 Anti-Corruption

Supporting civil society during the covid-19 pandemic

 
 
SUPPORTING CIVIL SOCIETY DURING THE COVID-19 PANDEMIC
 
Este site utiliza cookies. Você pode saber mais sobre seus direitos e como evitar cookies em nossa política de proteção de dados.Schließen