Fortalecendo mecanismos de compliance em empresas estatais

14.06.2021

Buenos Aires, Argentina

Advisory Group Brazil paves the way for a sustainable future of the initiative

A Argentina é um dos maiores países e economias da América do Sul, com um produto interno bruto de cerca de 445,5 bilhões de dólares em 2019. Contudo, o país está na posição 78 entre 180 colocados no Index de Percepções de Corrupção 2020, que foi publicado pela Transparência Internacional. O resultado indica que a corrupção é um dos maiores desafios que negócios, organizações governamentais e a sociedade civil enfrentam na Argentina.

Ao mesmo tempo, compliance e integridade são tópicos que já estão no alto da agenda pública. Baseado em uma mudança cultural no setor privado, grandes esforços têm sido feitos nos anos recentes para melhorar os padrões de transparência, responsabilidade e integridade em empresas estatais também. Contra este context, a Alliance for Integrity adaptou o treinamento de prevenção à corrupção DEPE (De Empresas para Empresas – from Companies to Companies) para as necessidades específicas de estatais operando no país. A Argentina, assim, segue um papel pioneiro: o piloto do treinamento DEPE aconteceu na Argentina pela primeira vez em 2014, seguido pela primeira adaptação específica para estatais em 2017.

Dentro de um processo compreensivo, um Grupo de Trabalho formado por compliance officers de empresas multinacionais e por especialistas do setor público adaptou o material de treinamento para a realidade empresarial das estatatis da Argentina. Ajustes chaves incluem processos de responsabilização específicos do setor público, o que difere daqueles do setor privado em termos de detalhes e transparências, e a administração de riscos de corrupção que podem aparecer quando interagindo com terceiros.

Desde 2017, o programa de treinamento setorial para estatais argentinas foi apoiado por mais de 200 empresas de desenvolvimento, de monitoração e de aprimoração de sistemas e medidas eficazes de compliance; entre eles, Argentina Airline (EANA), Administração de Infraestrutura Ferroviária (ADIF SE), Administração Nacional da Aviação Civil (ANAC), Coordenação Ecológica da Região Metropolitana (CEAMSE), Belgrano Cargas y Logística S.A., Subsecretaria de Administração Estratégica e de Qualidade Institucional (GCABA), Nucleoeléctrica Argentina S.A., Dioxitek S.A., assim como o Ministério de Transporte.

“É melhor eu entender agora os desafios que enfrentamos em termos de ética e de integridade. Para mim, foi muito benéfico debater situações de dilema que são partes do meu dia-a-dia nos negócios”, declarou um dos participantes. Até hoje, dez treinamentos para empresas estatais foram conduzidos na Argentina. O fundamento deste comprometimentos é cooperação próxima entre a Alliance for Integrity e seus parceiros locais, nomeadamente a AHK Argentina e a Rede Pacto Global Argentina, que acompanharam e apoiaram a implementação do programa de treinamento durante todo o período. Futuros treinamentos voltados especificamente para diferentes setores e países já estão sendo planejados. Atualizações podem ser encontradas nosso website.

Autor: Fernando Orn

 
Este site utiliza cookies. Você pode saber mais sobre seus direitos e como evitar cookies em nossa política de proteção de dados.Schließen