Integridade e Direitos Humanos na Cadeia de Fornecedores: Conferência em prol do Dia Internacional Anticorrupção

07.12.2017

Berlim, Alemanha

Por conta do Dia Internacional Anticorrupção, que é celebrado anualmente em 9 de dezembro, a Alliance for Integrity, em cooperação com a Alliance for Sustainable Textiles, a Rede Alemã do Pacto Global e o Instituto Alemão de Direitos Humanos, realizam o evento "A Integridade e os Direitos Humanos na Cadeia de Fornecedores”. A primeira parte do evento centrou-se no tema "Plano de Ação Nacional de um Ano" e foi organizado pela Rede Alemã do Pacto Global e pelo Instituto Alemão de Direitos Humanos. A tarde foi organizada pela Alliance for Integrity, em cooperação com a Alliance for Sustainable Textiles e a Rede do Pacto Global Alemão, e dedicou-se ao tema "Prevenção à Corrupção na Cadeia de Fornecedores". As questões abordadas focaram em como as empresas podem lidar com os desafios decorrentes da cadeia de fornecedores. O grande destaque foi o lançamento de um novo guia com o título: Prevenção à Corrupção na Cadeia de Fornecedores. Como as empresas podem lidar com desafios.

O evento foi aberto por Marcel Engel, Secretário Executivo da Rede do Pacto Global Alemão e Folke Kayser, Instituto Alemão de Direitos Humanos, e ambos acolheram os inúmeros convidados e fizeram uma breve introdução ao cronograma do dia. Depois disso, Sylvia Schenk, da Transparência Internacional Alemanha, assumiu o discurso e falou das suas experiências para o debate sobre os direitos humanos. O painel de discussão que se seguiu tratou da perspectiva europeia dos direitos humanos e foi compartilhado por Kevin O'Neill, BBC Worldwide, Michael Windfuhr, Sylvia Schenk e Elsa Savourey, Herbert Smith Freehills Paris LLP. O grupo foi moderado por Steve Gibbons, Ergon Associates. Após uma breve pausa para o café, foram realizadas duas oficinas paralelas sobre os temas "Contratos Públicos Sustentáveis" e "Implementação do Plano Nacional de Ação".

Noor Naqschbandi, da Alliance for Integrity, abriu o cronograma da tarde junto com Christian Wollnik, Secretariado para Têxteis Sustentáveis. Depois, comentou-se sobre o destaque do dia, o novo guia: Prevenção à Corrupção na Cadeia de Fornecedores. Como as empresas podem lidar com os desafios. O guia foi brevemente apresentado ao público e seu processo de desenvolvimento foi descrito. Desde abril de 2017, representantes do setor privado e da sociedade civil trabalharam juntos como parte de um grupo de especialistas em um processo de consultoria que durou vários meses.


O guia final é dividido em duas partes, oferecendo medidas adequadas tanto para empresas que ainda não foram profundamente envolvidas na prevenção à corrupção em sua própria cadeia de fornecedores, quanto para aqueles que já estão envolvidos no processo. Para o painel de discussão seguinte, alguns membros do grupo de especialistas foram convidados para falar para o público. Dra. Christa Dürr, Transparência Internacional Alemanha, Dra. Cornelia Godzierz, Linde AG, Dr. Philip Matthey, MAN SE e o Instituto Alemão de Compliance (DICO), bem como Christoph Wenk-Fischer, Associação Alemã de Comércio Eletrônico e Venda à Distância, discutiram a criação do guia, e também a prevenção à corrupção na cadeia de fornecedores, sob a moderação de Noor Naqschbandi. Com seu conhecimento especializado, eles foram capazes de fornecer informações relevantes para todo o público, que aproveitou a oportunidade e fez perguntas aos especialistas. Após a sessão plenária, os participantes puderam colaborar em duas oficinas separadas em menor escala. O primeiro workshop foi moderado por Sebastian Wegner, Humboldt-Viadrina Governance Platform, e foi abordado o tema da prevenção à corrupção na cadeia de fornecedores e seus desafios mais comuns. Juntamente com os participantes presentes, Diana Okl, MAN SE e Otto Geiß, German Network Business Ethics, conduziram os principais desafios e deram soluções possíveis, baseadas em seus conhecimentos especializados acerca do tema. O segundo workshop foi sobre o tema da digitalização e prevenção à corrupção. Sob a moderação de Florian Lair, Alliance for Integrity, Alexander Geschonneck, KPMG e Andreas Pyrcek, EY Ernst & Young como palestrantes, juntamente com os participantes, houve um intercâmbio de opções sobre as possibilidades de digitalização. Após as oficinas, os resultados foram apresentados a todo o plenário.

 
Este site utiliza cookies. Você pode saber mais sobre seus direitos e como evitar cookies em nossa política de proteção de dados. Schließen