O Grupo de Trabalho “Fortalecimento da Integridade nas PMEs” se reuniu por primeira vez em São Paulo

26.07.2016

São Paulo, Brasil

O Grupo de Trabalho (GT) “Fortalecimento da Integridade nas PMEs” da Alliance for Integrity realizou sua primeira reunião no dia 26 de julho na Câmara de Comércio e Indústria Brasil-Alemanha em São Paulo. A agenda teve como foco no cronograma de atividades da Alliance for Integrity no Brasil, apresentando o calendário das sessões do Programa de Capacitações ‘De Empresas Para Empresas’ (DEPE). Também foram apresentados outros instrumentos de trabalho que serão utilizados pelo GT.

A reunião foi realizada em um ambiente altamente colaborativo e resultou em um planejamento elaborado de atividades. Com base nos conceitos de Ação Coletiva com participação de stakeholders, o GT ressaltou a importância de incentivar o uso de instrumentos, modelos e fórmulas de compliance já tentados e comprovados nos âmbitos local e internacional. O GT agrupou as potenciais sinergias dos seus membros para estruturar uma estratégia conjunta com a finalidade de estimular práticas de integridade nas PMEs no Brasil. Foi fechado um acordo para ampliar a rede de stakeholders no combate à corrupção, incluindo as cadeias de fornecedores das PMEs.

O GT discutiu detalhes sobre a agenda de 2016. As próximas sessões do programa DEPE serão realizadas em: São Paulo (15/08), Curitiba (20/09), Porto Alegre (06/10) e Rio de Janeiro (09/12).

Lino Gaviolli, treinador do Programa de Capacitações de Prevenção à Corrupção, De Empresas Para Empresas, incentivou os participantes a continuar contribuindo para o crescimento da ação coletiva proposta pela Alliance for Integrity.

O GT estabeleceu as próximas atividades, como a adaptação para o contexto brasileiro do 'No eXcuses guide', guia de bolso com as dez desculpas mais usadas para justificar um comportamento corrupto. Com base em outros instrumentos usados em práticas de compliance, o GT planejou também a elaboração de material para plataformas de capacitação online e um banco de cláusulas para código de ética e conduta para PMEs.

Além disso, o GT decidiu a assiduidade de suas reuniões, convencionando o intervalo de dois meses entre cada uma. Assim, a próxima reunião ficou agendada para o dia 27 de setembro. Também foi a posição dos integrantes a ampliação do GT, e, as empresas indicadas pelos membros do Conselho Consultivo e, engajadas no tema de compliance nas PMEs no Brasil, serão convidadas a integrarem o grupo.

Atualmente, o grupo é composto por representantes de organizações e empresas dos setores público e privado, e a sociedade civil: AHK São Paulo, Allianz, Banco do Brasil, Conselho Administrativo de Defesa Econômica, Ministério da Transparência, Fiscalização e Controle, Instituto Ethos, Mercedes-Benz Brasil, Natura Cosméticos, Rede Brasil do Pacto Global e Siemens Brasil.
 
Este site utiliza cookies. Você pode saber mais sobre seus direitos e como evitar cookies em nossa política de proteção de dados. Schließen