Primeiro Integrity Week realizado na Colômbia

12.10.2018

Bogotá, Colômbia

Nos últimos anos, uma serie de diferentes atividades têm sido conduzidas na Colômbia, como workshops de treinamento para a prevenção à corrupção, Webinars em Espanhol, e agora pela primeira vez, em conjunto com a rede local do Pacto Global na Colômbia, o parceiro de implementação no país, uma Integrity Week. A Integrity Week se realizou em Bogotá com o objetivo de oferecer ferramentas práticas para a promoção da integridade no setor econômico, disponibilizando espaços para diálogo entre o setor público, privado e a sociedade civil.

Além do mais, representantes da Câmara da Industria e Produção do Equador e a Câmara das Indústrias, Produção e Emprego de Cuenca, Equador, viajaram à Colômbia para participar da Integrity Week. Eles estão cientes da maneira que a Alliance for Integrity funciona, e esperam unir forças com o setor econômico Colombiano para atacar a corrupção na região Andina através de ações coletivas.

Três eventos foram conduzidos durante a Integrity Week Colômbia. O primeiro foi um treinamento para DEPE sobre prevenção à corrupção, que se realizou na quinta-feira, 11 de Outubro na Câmara de Comércio de Bogotá. Um total de 23 representantes de diferentes PMEs locais participaram; Luz Ayda Otalora da Telefônica Colômbia, Pablo Miranda da Siemens América Latina, e Paula Hernandéz da Companhia de Telecomunicações de Bogotá (ETB) atuaram como treinadores. As PMEs aprenderam sobre casos práticos de como prevenir a corrupção em suas organizações. Daniela Camargo, representante do décimo princípio da prevenção à corrupção da Rede do Pacto Global na Colômbia, compartilhou a importância e o interesse de companhias colombianas em criar um relacionamento estratégico com a Alliance for Integrity, e juntos eles ofereceram ferramentas práticas para promoção da integridade no país.
Durante uma reunião de café da manhã, um total de 16 treinadores colombianos usaram o tempo para uma troca de experiências. Durante esta reunião, Marco Pérez, Network Manager México e Colômbia também aproveitou a chance para apresentar atividades recentes da rede global aos treinadores. Algumas delas foram discutidas em termos de serem replicadas mais tarde este ano, ou no ano que vem no México para levantar maior cooperação regional e inter-regional. Como parte do encontro, uma discussão foi conduzida para definir quais os passos a serem dados na Colômbia para alcançar companhias colombianas e fortalecer a integridade no país.

O terceiro e último evento do da semana de atividades também aconteceu na sexta-feira para lançar o “TheIntegrityApp”. As mensagens de boas-vindas foram dadas por Ricardo Garzón, Gerente de Sustentabilidade e Governo na Telefônica Movistar, Colômbia, Thomas Heindrichs, Diretor Residente da GIZ Colômbia e Alice Berggrun Comas, Coordenadora do Setor Privado e de Convenções do Secretariado de Transparência, que se disse estar otimista sobre a potencial relação entre o setor público e privado na Colômbia, que irá trabalhar pela transparência na nova administração que se inicia agora no país. Após as mensagens iniciais, duas falas inspiradoras sobre cegueira ética e sobre como qualque organização, independentemente de seu setor ou tamanho, pode fazer negócios com integridade, essas falas foram dadas de diferentes pontos de vista por Pablo Miranda, Siemens Complianc Officer e treinador do DEPE, e Mariana Jaramillo, Vice Presidente de Tópicos Corporativos Colômbia e América do Sul e a região Caribenha, Cimentos Mexicanos S.A. (CEMEX AS).
 
Este site utiliza cookies. Você pode saber mais sobre seus direitos e como evitar cookies em nossa política de proteção de dados. Schließen