A Alliance for Integrity na Conferência Empresarial Alemã-Africana - Workshop sobre a Integridade Empresarial na África e na Alemanha atrai mais de 40 participantes

08.02.2017

Nairobi, Quênia

A frente da Conferência Empresarial Alemão-Africana de 2017, em Nairobi, a Alliance for Integrity organizou um workshop sobre a integridade das empresas na África e na Alemanha. Devido enfraquecimento da força da corrupção em dois dos principais objetivos estratégicos dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS): redução da pobreza e desenvolvimento sustentável dos negócios, a luta contra a corrupção está ganhando impulso. A fim de prevenir a corrupção dentro do sistema econômico, a integridade das empresas precisa ser reforçada.

Os mais de 40 participantes de vários países africanos e da Alemanha foram recebidos por Julia Arnold, Diretora Geral de Mercados Internacionais da Associação das Câmaras de Comércio e Indústria Alemãs (DIHK). Suas boas vindas seguiram com a contribuição de Olusoji Apampa, Fundador e Executivo da Organização de Integridade e Co-Fundador, Vice-Presidente Executivo e CEO da Convenção sobre Integridade Empresarial da Nigéria. Ele se dirigiu ao público com um impulso na integridade dos negócios. Ele descreveu as causas profundas da corrupção na África, como por exemplo, a falta de acesso ao financiamento ou à tecnologia. Ele também destacou que atualmente confiança e segurança são vistos como problemas quando se trata de transações comerciais na África.

Na discussão seguinte sobre "Reforçando a Integridade Empresarial - Desafios e Soluções Práticas da África e da Alemanha", foram discutidas questões como o papel das associações empresariais na luta contra a corrupção ou os atuais desafios relativos aos esforços anticorrupção no Quênia, Gana ou Nigéria. Os membros do painel, Olusoji Apampa, James Asare-Adjei, Diretor Executivo do Grupo Asadtek Ltda., Anne Decrue Reichel, Diretora da AHK Auditoria e Compliance da Associação das Câmaras de Comércio e Indústria Alemãs (DIHK) e
Samuel Kimeu, Diretor Executivo Da Transparência Internacional do Quênia, também interagiram com o público através de perguntas, o que deu espaço para as contribuições dos participantes do workshop.
Os principais desafios discutidos foram a falta de recursos em algumas organizações para combater a corrupção e como os incentivos podem ser usados para promover comportamentos não corruptos.

A sessão também deixou espaço para soluções práticas, como as Business Integrity Country Agendas que estão sendo desenvolvidas atualmente em vários países africanos. O workshop foi encerrado com um breve resumo de Christina Pfandl, Coordenadora da África na Alliance for Integrity e agradeceu a Associação das Câmaras de Comércio e Indústria Alemãs (DIHK) pelo apoio na organização do workshop.

O workshop sobre a Integridade Empresarial na África e na Alemanha realizou-se no contexto da 2ª Conferência Empresarial Alemã-Africana, que ocorreu nos dias 9 e 10 de Fevereiro, em Nairobi. A conferência contou com a participação de cerca de 500 pessoas de diversos países africanos e da Alemanha, incluindo o Ministro dos Negócios Estrangeiros do Quênia, Amina Mohamed, o Ministro Federal Alemão da Cooperação Econômica e Desenvolvimento, o Dr. Gerd Müller, assim como a Ministra Federal Alemã de Economia e Energia, Brigitte Zypries. Nas suas observações de abertura, o Dr. Müller enfatizou a importância da luta contra a corrupção na África, a fim de reforçar o desenvolvimento econômico e o investimento privado estrangeiro. Ele também destacou a importância global da África para o trabalho do G20 sob a presidência alemã em 2017.
 
Este site utiliza cookies. Você pode saber mais sobre seus direitos e como evitar cookies em nossa política de proteção de dados. Schließen