Primeiro Treinamento DUKU Digital na Indonésia

30.09.2020

Indonésia, online

First Digital DUKU Training in Indonesia

A Indonésia se tornou digital! No final de setembro, ocorreu o primeiro treinamento digital Dari Usaha Ke Usaha (DUKU) sobre prevenção da corrupção. Ao contrário do formato presencial tradicional, a treinamento virtual é dividido em quatro módulos que foram realizados ao longo de dois dias. O treinamento DUKU visa promover práticas de negócios limpos e concorrência justa como um meio para um ambiente de investimento empresarial estável, seguro e responsável. Tendo isso em mente, o programa de treinamento visa ajudar as pequenas e médias empresas (PMEs) com pouca ou nenhuma experiência no combate à corrupção a desenvolver e implementar mecanismos eficazes de prevenção da corrupção. O primeiro treinamento digital DUKU foi apoiado pela Association of Women Across Professions (PPLIPI) West Java e deu as boas-vindas a vinte representantes de PMEs que operam em diferentes setores da economia indonésia.

Iniciando a sessão, Stevany Eleonor Joseph, Diretora Jurídica e de Compliance da PT Otsuka Indonésia, apontou diferentes tipos de corrupção e áreas cinzentas nos negócios diários. Como parte do primeiro módulo, ela transmitiu a importância das leis nacionais e internacionais relacionadas à corrupção, proporcionando aos participantes conhecimento da estrutura global anticorrupção. Durante a sessão, os participantes se envolveram ativamente e discutiram diferentes tipos de práticas que poderiam ser categorizadas como corrupção ou áreas cinzentas.

Posteriormente, Royani Lim, Secretário Executivo da Fundação Bhumiksara, explicou como desenvolver e implementar um sistema de gestão de compliance eficaz seguindo as melhores práticas internacionais e levando em consideração os resultados da análise de risco anterior. “A prevenção da corrupção pode ser alcançada implementando a abordagem de três etapas que consiste em medidas internas e externas, bem como ação coletiva”, ela enfatizou e encorajou os participantes a se envolverem em esforços anticorrupção adicionais, por exemplo, participando de treinamentos e eventos oferecidos pela Alliance for Integrity.

No segundo dia do programa de treinamento, Royani Lim destacou sanções e incentivos para prevenir a corrupção e promover a integridade. Neste módulo, os participantes foram apresentados ao Modelo de Gestão do Pacto Global das Nações Unidas como um processo contínuo de combate à corrupção. Yanto Sidik Pratiknyo, Treinador da Indonesia Business Links (IBL), concluiu o treinamento destacando a importância da Ação Coletiva entre os setores público e privado, bem como a sociedade civil. As PMEs, em particular, beneficiam do compartilhamento de recursos, da aprendizagem entre pares e do compartilhamento de conhecimentos. Os exemplos de boas práticas de outras empresas podem impulsionar a implementação de abordagens digitais e inovadoras nas PMEs.

Concluindo a discussão, os participantes apontaram claramente que a corrupção é um dos principais obstáculos para um ambiente de negócios justo e com oportunidades iguais para todos. Treinamentos de prevenção à corrupção como este são altamente relevantes para construir empresas resilientes e, consequentemente, uma economia sustentável. Em linha com isso, a Alliance for Integrity continuará promovendo a integridade dos negócios no ecossistema indonésio e além - com ferramentas novas e inovadoras que permitem às empresas reagir com flexibilidade a situações sem precedentes como as vivenciamos agora.

Autora: Alhayyu Shafira Wahyu Putri

 
Este site utiliza cookies. Você pode saber mais sobre seus direitos e como evitar cookies em nossa política de proteção de dados.Schließen