Ciclo de Diálogos em Espanhol: Integridade e Gênero II

Sextortion e tipos de corrupção diferenciados por gênero

De acordo com a Transparência Internacional, o gênero pode influenciar a probabilidade de atores pagarem ou aceitarem subornos, as formas de corrupção as quais estão expostos e como respondem a elas. Preconceitos e estereótipos específicos ao gênero podem ter um impacto desproporcional sobre as mulheres e forçá-las a negociar propinas para obter serviços públicos, o que em muitos casos pode levar a uma violação dos direitos humanos.

As atitudes relacionadas ao gênero frente à corrupção podem não ser universais, mas são típicas da cultura ou do contexto em que estão inseridas. No mundo dos negócios, as mulheres muitas vezes são consideradas novos atores e estão menos familiarizadas com as regras de prevenção às transações ilegais. Portanto, a corrupção se apresenta como um obstáculo para as mulheres na obtenção de recursos financeiros, por exemplo, no acesso a créditos e na realização de negócios. As mulheres ainda carecem de informações, experiência e recursos para lidar com tais redes corruptas em segurança, o que as torna mais vulneráveis às demandas por subornos e limitam ainda mais suas oportunidades de sucesso em seus negócios.

Outro aspecto importante quando falamos de gênero e corrupção é o acrésimo de uma perspectiva de gênero em programas anticorrupção. Os sistemas de compliance devem implementar uma perspectiva de gênero, considerando o respectivo impacto em homens e mulheres. As mulheres são atores cruciais na luta contra a corrupção. Portanto, o desenho de estratégias anticorrupção sensíveis ao gênero e abordagens específicas ao gênero são fundamentais.

Compreender a complexa relação entre gênero e corrupção é um passo essencial para promover os direitos das mulheres e estabelecer condições equitativas entre mulheres e homens. Nesta série de diálogos virtuais, serão discutidas questões relevantes sobre o tema e assim trazidas para a agenda de integridade nas empresas.

Este segundo episódio da série "Integridade e Gênero" focalizará no impacto diferenciado da corrupção na mulher no ambiente empresarial, mergulhando na sextorsion. A sessão apresentará a perspectiva multi-setorial de diferentes especialistas latino-americanas sobre o assunto e incluirá, em seguida, um espaço de intercâmbio com o público.

PALESTRANTES

  • Luciana Torchiaro, Assessora Regional para a América Latina e Caribe, Transparência Internacional, Berlim
  • Noelia De Belder, Advogada Sênior na Beccar Varela
  • Susana Silva Hasembank, Especialista em Integridade Pública

MODERAÇÃO

  • Marcela Huaita Alegre, Advogada, Professora da Pontifícia Universidade Católica do Perú - PUCP e Pesquisadora Associada no Instituto de Direitos Humanos - IDEHPUCP

AGENDA

Este evento tem duração de 60 minuto e acontecerá na terça-feira, 22 de setembro de 2020, em espanhol.

  • Argentina, Brasil, Chile e Uruguai: 11:00-12:00
  • Paraguai: 10:00-11:00
  • Colômbia, Equador e México: 09:00-10:00

PARA QUEM?

Esta série é destinada a todos e quaisquer profissionais de Compliance, executivos de negócios, CEOs, mulheres profissionais, empresários e qualquer profissional dos setores público, privado e da sociedade civil interessados em questões de integridade e gênero nos negócios.

CUSTOS

Este evento é gratuito.

INSCRIÇÕES

As inscrições devem ser feitas por Webex.

Contato

Você tem perguntas?
Ficaremos felizes em poder ajudar!

afindepe@giz.de

Detalhes

Data de: 22.09.2020 09:00
Data até: 22.09.2020 10:00
CET: America/Mexico_City

Organizador

Alliance for Integrity

Este site utiliza cookies. Você pode saber mais sobre seus direitos e como evitar cookies em nossa política de proteção de dados.Schließen